Template by Labellaluna®  
Tem Xeretando
PEGUE UMA
 
 
OLHA O SOM
 
ColdPlay
Violet Hill
RECADINHOS
 


eXTReMe Tracker
Orkut
 
É NÓIS
 
Sou Labellaluna®, 47 anos, webdesigner, Paulistana morando em Ribeirão Preto com minha mãe e separada. Na minha bolsa levo documentos, dinheiro, cartões de crédito e talões de cheque(claro né?), celular, cartões de visitas, bateria do notebook, mini cds com apresentações, batom, brilho, lápis de boca, óculos de sol, halls suggar free, escova de cabelos, escova de dentes, pasta de dentes, fio dental e algo mais... Querem saber?
Sou Ma... Corretora de Imóveis,morando no Recreio dos Bandeirantes,Cidade maravilhosa, casada, idade: pula esta parte...
Na minha bolsa carrego quase minha casa: sempre um batom, minhas escovas (de cabelo e dentes) , Hp Financeira, tabelas, óculos de sol e o que mais sua imaginação for capaz de pensar...

Sou Alma Cigana ( a Boa Esposa do Pensando ...), 51 anos, quase 52 (completo dia 14 de maio próximo), microempresária, Gaucha, resido em Cachoeirinha, região metropolitana de Porto Alegre com ele ( o Pensando) e nosso filho mais 4 gatos e 2 cadelas. Na minha bolsa levo tudo e mais um pouco; Documentos, carteira de Plano de Saúde, chaves, celular, niqueleira, agenda,caderneta para anotações e uma nécessaire contendo minha vida : pinça, base para as unhas, acetona, algodão, cotonete, bandaid, pente (prefiro), escova e pasta de dente, fio dental e pasmem!!!! Toalha higiênica, uma calcinha e absorvente que já fazem um ano graças a Deus não preciso mais usar;
mas sabe como é, né?
O seguro morreu de velho... Não pode faltar nunca um bom livro... O restante vocês tem total liberdade para imaginar.

SEGUIDORES
 
 
FAVORITOS
 
 
 
ULTRAPASSADAS
 
ARCAICAS
AGENDA
 
AGENDA VIP
 











VIPS DOS VIPS
 





NOSSOS MIMOS


UOL

QUANTA GENTE?
ESTILISTA
 

« Home | Saudade de Rê Bordosa - Por Claudia » | Teoria da conspiração - por Labellaluna® » | Desafio - Por Claudia » | Ceratocone - por Labellaluna® » | BBB - Por Claudia » | Ginástica do Amor - Por Labellaluna® » | Adesivos para carros - Por Claudia » | Traição - por Labellaluna® » | Secretária Eletrônica - Por Claudia » | Carnaval - por Labellaluna® »

Depois de um tempo, você aprende...Por Labellaluna®

" Depois de um tempo, você aprende a diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. Aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. Começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de uma mulher e não com a aflição de uma criança.


Aprende a construir todas as suas estradas 'hoje', porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo, você aprende que o Sol queima caso fique exposto por muito tempo.


Aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... Aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Também aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas num instante das quais poderá se arrepender pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o QUE você tem na vida, mas QUEM você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.


Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendermos que os amigos mudam; percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa, podem sair da sua vida muito depressa; por isso, sempre devemos deixar quem amamos com palavras amorosas, pois pode ser a última vez que os vemos.


Aprende que as circunstâncias e o ambiente acabam influindo sobre nós, mas que nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não nos devemos comparar com os outros, mas com o melhor que podemos ser.
Descobre que leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto.



Aprende que não importa aonde já chegou, mas onde está indo;mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.


Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação – sempre existem dois lados.


Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.


Aprende que paciência requer muita pratica. Descobre que, algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute, quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.


Aprende que maturidade tem mais a ver com as experiência vivenciadas e com o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.


Aprende que há mais dos seus pais em você do que supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que 'o seu sonho' é uma bobagem, e que seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.



Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não lhe dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer, não significa que não o ame, pois existem pessoas que nos amam, mas que, simplesmente, não sabem como demonstrar ou viver este sentimento.


Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo.


Aprende que, com a mesma severidade com que você julga, um dia você será condenado.


Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
Por isso, aprenda a plantar seu jardim e decorar sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe presenteie flores. Aprenda que você pode a tudo suportar, que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe, mesmo depois de achar que não o consegue mais. E você aprende, e você aprende, com todos os adeuses, você aprende...


Que, realmente, a vida tem valor e você tem valor diante da vida. Que nossas dádivas são traiçoeiras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar. "
-- baseado no texto original After a While, de Veronica A. Shoffstall --




Marcadores:

Na Bolsa da: Regiane Moreira em sexta-feira, 27 de abril de 2007 ás 4/27/2007 11:55:00 PM **
* *


Oi Labellaluna , cheguei aqui sem querer , mas achei este blog teu e da Cláudia muito legal .Tudo que lí me acrescentou muito , é sempre muito bom ver e ler coisas interessantes . Parabéns voltarei aqui muitas vezes !!! Um fim-de-semana muito legal para vocês !!!Se quiserem dar uma olhada em meu Blog o endereço é blogandocomvivi.zip.net , ele é cheio de tubes e giffs , algumas pessoas odeiam , eu adoro e me divirto !!! Muitos beijosss !!!!

Xeretado por: Anonymous viviane | 28 de abril de 2007 20:29  

Olá Labellaluna, chegei aqui "atravez" da Claudia!

É impossivel comentar um texto perfeito, com o qual me identifico, que revela uma ENORME SABEDORIA!
Texto que deveria ser lido em voz alta para que todas as pessoas podessem ouvir, para aprender a viver melhor com elas mesmas e com os outros, para que se lembrassem que são mortais, que a vida é demasiado curta para alimentar o odio e a raiva...e que devemos semear alegrias para colher felicidade! semear o amor para sermos amados!

Louvar a vida a cada amanhecer!
Beijos grandes para vocês as duas...e uma óptima semana

Xeretado por: Anonymous vanda | 29 de abril de 2007 06:53  

Este texto é daqueles que se deve ler e reler muitas vezes, porque em todas elas o apreeendemos de uma forma diferente. É como uma enorme e eterna lição de vida.
Uma pequena demonstração de como a vida é uma dádiva, cada dia precioso e que, jamais, nos podemos permitir não a viver ao máximo.
A nossa maior responsabilidade é para connosco, e é a de sermos o mais felizes que pudermos.

Beijos.

Xeretado por: Anonymous Carmim | 29 de abril de 2007 19:05  

Que gracinha de post Claudia ...e a musica muito fofa.!!

Agora te deram soltura né?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.ta sortuda..hehehehehehe.
se acha que o delegado vai aguentar muito tempo mulheres mulheres muitas delas juntas??hem hem hem??????kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vai ficar louco jaja ou começar usar coisa de mulher....ex fofocas..mini saia baton ...vai mexer primeiro na tua bolsa.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Xeretado por: Anonymous Angélica | 29 de abril de 2007 19:07  

Hello Bella Claudia
Eu adoro este texto, mas tenho uma dúvida tão gigante quanto ao real autor, pois ele é creditado a tanta gente...
Independente de quem tenha escrito, se nós vivessemos de acordo com o que sabemos, hum! Que maravilha seria...
Beijos.

Xeretado por: Anonymous Lica | 30 de abril de 2007 12:07  

Querida um grande beijo e desejos de uma óptima semana

Xeretado por: Anonymous Mikas | 2 de maio de 2007 20:43  

Lindo seu blog........ fiquei apaixonada, vou ate colocar ele nos meu link........ como que vc consegue colocar musica na sua pagina,,,, eu ainda não consigui...
e essa música é linda d+, quem está cantando??? valeu.

Xeretado por: Anonymous Rosinha | 4 de maio de 2007 14:38  

NOssa, lindo, tocou bem fundo. Vou enviar para um amigo, ele precisa ler isso, o momento pelo qual ele passa é propício. Posso? Bjos

Xeretado por: Anonymous Godoya | 7 de maio de 2007 15:00  

Links to this post

Criar um link

Layout Exclusivo - Labellaluna® Web