Template by Labellaluna®  
Tem Xeretando
PEGUE UMA
 
 
OLHA O SOM
 
ColdPlay
Violet Hill
RECADINHOS
 


eXTReMe Tracker
Orkut
 
É NÓIS
 
Sou Labellaluna®, 47 anos, webdesigner, Paulistana morando em Ribeirão Preto com minha mãe e separada. Na minha bolsa levo documentos, dinheiro, cartões de crédito e talões de cheque(claro né?), celular, cartões de visitas, bateria do notebook, mini cds com apresentações, batom, brilho, lápis de boca, óculos de sol, halls suggar free, escova de cabelos, escova de dentes, pasta de dentes, fio dental e algo mais... Querem saber?
Sou Ma... Corretora de Imóveis,morando no Recreio dos Bandeirantes,Cidade maravilhosa, casada, idade: pula esta parte...
Na minha bolsa carrego quase minha casa: sempre um batom, minhas escovas (de cabelo e dentes) , Hp Financeira, tabelas, óculos de sol e o que mais sua imaginação for capaz de pensar...

Sou Alma Cigana ( a Boa Esposa do Pensando ...), 51 anos, quase 52 (completo dia 14 de maio próximo), microempresária, Gaucha, resido em Cachoeirinha, região metropolitana de Porto Alegre com ele ( o Pensando) e nosso filho mais 4 gatos e 2 cadelas. Na minha bolsa levo tudo e mais um pouco; Documentos, carteira de Plano de Saúde, chaves, celular, niqueleira, agenda,caderneta para anotações e uma nécessaire contendo minha vida : pinça, base para as unhas, acetona, algodão, cotonete, bandaid, pente (prefiro), escova e pasta de dente, fio dental e pasmem!!!! Toalha higiênica, uma calcinha e absorvente que já fazem um ano graças a Deus não preciso mais usar;
mas sabe como é, né?
O seguro morreu de velho... Não pode faltar nunca um bom livro... O restante vocês tem total liberdade para imaginar.

SEGUIDORES
 
 
FAVORITOS
 
 
 
ULTRAPASSADAS
 
ARCAICAS
AGENDA
 
AGENDA VIP
 











VIPS DOS VIPS
 





NOSSOS MIMOS


UOL

QUANTA GENTE?
ESTILISTA
 

« Home | Experiências - Por Claudia » | Depois de um tempo, você aprende...Por Labellaluna... » | Saudade de Rê Bordosa - Por Claudia » | Teoria da conspiração - por Labellaluna® » | Desafio - Por Claudia » | Ceratocone - por Labellaluna® » | BBB - Por Claudia » | Ginástica do Amor - Por Labellaluna® » | Adesivos para carros - Por Claudia » | Traição - por Labellaluna® »

Homenagem às Mães - por Labellaluna®

Às Mães


- às Mães que apesar das canseiras, dores e trabalhos, sorriem e riem, felizes, com os filhos amados ao peito, ao colo ou em seu redor; e às que choram, doridas e inconsoláveis, a sua perda física, ou os vêem “perder-se” nos perigos inúmeros da sociedade violenta e desumana em que vivemos;

- às Mães ainda meninas, e às menos jovens, que contra ventos e marés, ultrapassando dificuldades de toda a ordem, têm a valentia de assumir uma gravidez - talvez inoportuna e indesejada – por saberem que a Vida é sempre um Bem Maior e um Dom que não se discute e, muito menos, quando se trata de um filho seu, pequeno ser frágil e indefeso que lhe foi confiado;

- às Mães que souberam sacrificar uma talvez brilhante carreira profissional, para darem prioridade à maternidade e à educação dos seus filhos e às que, quantas vezes precisamente por amor aos filhos, souberam ser firmes e educadoras, dizendo um “não” oportuno e salvador a muitos dos caprichos dos seus filhos adolescentes;

- às Mães precocemente envelhecidas, gastas e doentes, tantas vezes esquecidas de si mesmas e que hoje se sentem mais tristes e magoadas, talvez por não terem um filho que se lembre delas, de as abraçar e beijar...;

- às Mães solitárias, paradas no tempo, não visitadas, não desejadas, e hoje abandonadas num qualquer quarto, num qualquer lar, na cidade ou no campo, e que talvez não tenham hoje, nem uma pessoa amiga que lhes leia ao menos uma carta dum filho...;

- também às Mães que não tendo dado à luz fisicamente, são Mães pelo coração e pelo espírito, pela generosidade e abnegação, para tantos que por mil razões não tiveram outra Mãe...e finalmente, também às Mães queridíssimas que já partiram deste mundo e que por certo repousam já num céu merecido e conquistado a pulso e sacrifício...

A todas as Mães, a todas sem excepção, um Abraço e um Beijo cheios de simpatia e de ternura! E Parabéns, mesmo que ninguém mais vos felicite! E Obrigado, mesmo que ninguém mais vos agradeça!

Fonte: APFN - Associação Portuguesa de Famílias NumerosasTrav. do Possolo, 11, 3º1350-252 Lisboa

Amor de Mãe


O Amor da mãe pode ser traduzido em uma palavra: doação.
Falar desse sentimento é entender que ele é a mais completa forma de amor.
Um amor que se doa, coloca em primeiro plano o bem-estar, a segurança de um outro ser.
Impossível falar de mãe sem falar da pureza de um amor, que diante de todo o sofrimento disse Sim: Maria.
Uma mãe que, como tantas mães em nosso país,olha com lágrimas nos olhos o presente e o futuro árduo do filho.
Talvez seja por isso que a mãe Maria se expressa em cada olhar de mãe, em cada gesto de doação da mulher.
No rosto de uma mulher que assume a maternidade inteiramente, mesmo diante de tudo o que há de vir, há a presença iluminada de um lado vivo, mas esquecido por todos, homens e mulheres:
O AMOR!!!!

Autor desconhecido

Marcadores:

Na Bolsa da: Regiane Moreira em sábado, 12 de maio de 2007 ás 5/12/2007 12:08:00 AM **
* *


Para quem ainda tem o privilégio de ter as suas por perto, o Dia das Mães deve ser celebrado todos os dias. Nunca é demais dizer o quanto as amamos, agradecer tudo o que fazem por nós.
O mundo pode ter muitos cheiros, muitos sorrisos, muitos colos.. mas o de mãe é incomparável.

Beijos.

Xeretado por: Anonymous Carmim | 13 de maio de 2007 08:34  

Ser mãe no Brasil virou ato de heroísmo. Guentar 9 meses entrando na fila do SUS, rezando prá ter quarto na hora do parto, e uma luta para que aquela criança tenha um mínimo de atendimento até ser forte. Depois a luta por uma creche, um colégio. E tudo isso para talvez perder o filho para o tráfico, ainda jovem. Fora isso, caso esteja bem encaminhado, pode também ser vítima de um assalto, um um simples acidente de carro. Pessimista, eu? É só olhar a estatística aterradora de quantos jovens, principalmente homens, que morrem no Brasil por ano antes dos 25 anos. A essas mães heróicas, que apostam nas dúvidas de ter um filho, minha homenagem.

Xeretado por: Anonymous Pensando | 15 de maio de 2007 23:29  

Links to this post

Criar um link

Layout Exclusivo - Labellaluna® Web