Template by Labellaluna®  
Tem Xeretando
PEGUE UMA
 
 
OLHA O SOM
 
ColdPlay
Violet Hill
RECADINHOS
 


eXTReMe Tracker
Orkut
 
É NÓIS
 
Sou Labellaluna®, 47 anos, webdesigner, Paulistana morando em Ribeirão Preto com minha mãe e separada. Na minha bolsa levo documentos, dinheiro, cartões de crédito e talões de cheque(claro né?), celular, cartões de visitas, bateria do notebook, mini cds com apresentações, batom, brilho, lápis de boca, óculos de sol, halls suggar free, escova de cabelos, escova de dentes, pasta de dentes, fio dental e algo mais... Querem saber?
Sou Ma... Corretora de Imóveis,morando no Recreio dos Bandeirantes,Cidade maravilhosa, casada, idade: pula esta parte...
Na minha bolsa carrego quase minha casa: sempre um batom, minhas escovas (de cabelo e dentes) , Hp Financeira, tabelas, óculos de sol e o que mais sua imaginação for capaz de pensar...

Sou Alma Cigana ( a Boa Esposa do Pensando ...), 51 anos, quase 52 (completo dia 14 de maio próximo), microempresária, Gaucha, resido em Cachoeirinha, região metropolitana de Porto Alegre com ele ( o Pensando) e nosso filho mais 4 gatos e 2 cadelas. Na minha bolsa levo tudo e mais um pouco; Documentos, carteira de Plano de Saúde, chaves, celular, niqueleira, agenda,caderneta para anotações e uma nécessaire contendo minha vida : pinça, base para as unhas, acetona, algodão, cotonete, bandaid, pente (prefiro), escova e pasta de dente, fio dental e pasmem!!!! Toalha higiênica, uma calcinha e absorvente que já fazem um ano graças a Deus não preciso mais usar;
mas sabe como é, né?
O seguro morreu de velho... Não pode faltar nunca um bom livro... O restante vocês tem total liberdade para imaginar.

SEGUIDORES
 
 
FAVORITOS
 
 
 
ULTRAPASSADAS
 
ARCAICAS
AGENDA
 
AGENDA VIP
 











VIPS DOS VIPS
 





NOSSOS MIMOS


UOL

QUANTA GENTE?
ESTILISTA
 

« Home | Transtornos de Personalidade – por Labellaluna® » | beleza e sedução - por claudia » | Pai – por Labellaluna® » | Quanto Vale um Amor - Por Claudia » | Síndrome do Pânico – por Labellaluna® » | O Homem Reto - Por Claudia » | Amor Perfeito – por Labellaluna® » | Amor Exato - Por Claudia » | Orgasmo múltiplo masculino por Labellaluna® » | Mulher Sofre - Por Claudia »

como encarar a vida - por claudia

Essa questão de "como encarar a vida", é muito divertida, convenhamos, pois cada pessoa tem uma maneira peculiar, toda sua, de encarar e viver a vida.

E todos estão certos. Cada qual à sua maneira, sempre terá razão. O que é certo para alguns, poderá ser errado para outros.

Desde que seja de uma maneira honesta, sem procurar prejudicar ninguém, não se pode levantar críticas contra suas atitudes.

Não temos o direito de achar que alguém está errado, apenas porque quer viver de uma ou outra maneira. Existe uma coisinha chamada "livre arbítrio", que permite que cada qual disponha de sua vida a seu bel prazer.

Esse direito contudo, apenas cessa quando começa a interferir com a vida de outras pessoas. Da mesma maneira que não gostamos que interfiram em nossa vida, devemos respeitar o direito dos outros de vivê-la à sua maneira.

Como o caso dos fumantes por exemplo, não podemos criticá-los por serem fumantes. Eles podem dispor de sua saúde como quiserem. Apenas pode-se criticar o fato deles sempre insistirem em fumar perto de não fumantes. Se querem que seu direito de fumar seja respeitado, devem também respeitar o direito dos não fumantes, que é respirar ar puro...

Mudando de exemplo, podemos notar que existem pessoas que estão sempre esperando uma ajuda inesperada para acertar sua vida e, nessa esperança, quase sempre ficam fora da realidade, porque deixam de tomar certos rumos na vida, só contando com a ajuda que virá de algum lugar, ou de alguém.

Não se pode querer provar que a realidade não é feita de sonhos, e que por vezes é cruel com as pessoas sonhadoras. Sempre existirão exemplos de pessoas que conseguiram realizar sonhos "impossíveis".

A "pequena" diferença que existe, é que essas pessoas vencedoras, foram atrás de seus objetivos, ao invés de ficar esperando que as coisas acontecessem.

Recebi de uma pessoa amiga, uma frase muito interessante, atribuída a Albert Einstein, que diz o seguinte:

"Há duas formas para viver sua vida: Uma é acreditar que não existe milagre. A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre."

A interpretação a esta mensagem me parece clara.

"Acreditar que não existe milagre". Com isto, nosso amigo quis dizer que não podemos ficar sentados esperando que o "milagre" ou seja, que as coisas aconteçam, temos que fazer nossa parte, estudar, trabalhar, definir objetivos, e ir buscá-los.

Sem nosso esforço pessoal, só esperando que outros façam por nós, ou que o Amigão venha resolver o problema, minhas crianças, a pobre vaquinha "se atolar-se-á". Não podemos realmente acreditar que um milagre venha consertar nossa situação.

Agora, "acreditar que todas as coisas são um milagre", faz todo o sentido.

Não tenham dúvidas de que ao conseguirmos realizar um sonho, ao conseguirmos atingir um objetivo pelo qual desenvolvemos nosso trabalho, direcionamos nossos esforços, podemos considerar essa vitória como um milagre.

Um milagre sim. Mas um milagre de nosso trabalho, de nossa capacidade. Um milagre fruto de algo muito real, que é nosso desempenho pessoal. E convenhamos, quanto mais difícil e cheio de obstáculos seja esse caminho, melhor é o sabor, maior será o milagre. O nosso milagre.

Da mesma maneira não podemos desejar que outros sejam obrigados a fazer as coisas como queremos que sejam feitas, salvo quando for um trabalho remunerado. Aí sim, podemos exigir eficiência, e que tudo corra conforme nossos desejos. Para isso estamos pagando. E mesmo assim, sujeito a ressalvas, pois não podemos comandar a personalidade de todos. É preciso respeitar, para sermos respeitados.

Existe um certo tipo de crítica que nunca é bem recebido, pois ninguém gosta de ver seu trabalho diminuído, quando feito de boa vontade. Se o trabalho apresentado não nos agrada, apenas devemos pedir que seja refeito, sem críticas ofensivas, que nunca são bem recebidas, pois não é nada agradável fazer um trabalho com a maior boa vontade, e, apenas porque não chegamos nos objetivos que não foram bem explicados ou bem entendidos, sejamos obrigados a escutar uma série de desaforos.Esperando que cada qual consiga realizar seu "Milagre Pessoal"

Marcial Salaverry


Na Bolsa da: Regiane Moreira em sábado, 1 de setembro de 2007 ás 9/01/2007 07:38:00 PM **
* *


Foi só ouvir essa musica do No Doubt e surtar!! Urra! To dançando aqui1!

Xeretado por: Anonymous Sieger | 4 de setembro de 2007 12:43  

Olá! Depois de tanto tempo, gostaria de convidá-los para uma nova visita em meu blog! Abraços, Clementine.

Xeretado por: Anonymous Clementine | 8 de setembro de 2007 19:45  

Em minha primeira visita aqui,posso garantir que voltarei.Parabéns,adorei.

Xeretado por: Anonymous Ação e reação | 16 de outubro de 2008 19:56  

Links to this post

Criar um link

Layout Exclusivo - Labellaluna® Web